Adélia Prado

ESPLENDOR

blue-butterfly

Toda compreensão é poesia,

clarão inaugural que névoa densa

faz parecer velados diamantes.

em pequenos bocados,

como quem dá comida a criancinhas,

a beleza retém seu vórtice.

São águas da compaixão

e eu sobrevivo.”

 

(Adélia Prado in A duração do dia)

 

 

Karina

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: