Que fizeste da palavra?

O belo poema a seguir reproduzido foi escrito pelo autor português Eugénio de Andrade, falecido em 2005. Deixou vasta obra poética, tendo se consagrado com a obra “As Mãos e os Frutos”. Vale a pena conhecer.

“Que fizeste das palavras?

Que contas darás tu dessas vogais

de um azul tão apaziguado?

 

E das consoantes, que lhes dirás,

ardendo entre o fulgor

das laranjas e o sol dos cavalos?

 

Que lhes dirás, quando

te perguntarem pelas minúsculas

sementes que te confiaram?”

 

 

Telma

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: