O Homem Que Se Endereçou

Ignácio de Loyola Brandão nasceu na cidade de Araraquara, em 31 de julho de 1936;  escreveu contos, romances e também atuou como jornalista. Em 2000, foi o vencedor do consagrado prêmio Jabuti pelo livro de contos  “O homem que odiava a segunda-feira”. É membro da Academia Paulista de Letras.

O excelente texto abaixo é de autoria do escritor modernista e faz parte do livro “O homem do furo na mão & outras histórias”, publicado em 1987. Interessante e inteligente.

O homem que se endereçou

Apanhou o envelope e na sua letra cuidadosa subscritou a si mesmo:

Narciso, rua Treze, nº 21.

Passou cola nas bordas do papel, mergulhou no envelope e fechou-se. Horas mais tarde a empregada colocou-o no correio. Um dia depois sentiu-se na mala do carteiro. Diante de uma casa, percebeu que o funcionário tinha parado indeciso, consultara o envelope e prosseguira. Voltou ao DCT, foi colocado numa prateleira. Dias depois, um novo carteiro procurou seu endereço. Não achou, devia ter saído algo errado. A carta voltou à prateleira, no meio de muitas outras, amareladas, empoeiradas. Sentiu, então, com terror, que a carta se extraviara. E Narciso nunca mais encontrou a si mesmo.

Telma

Anúncios

3 Respostas so far »

  1. 1

    bravo saints said,

    gostei do texto pois me identifico muito com ele

  2. 2

    Izolda said,

    Texto muito bom!

  3. 3

    josearmando said,

    também gostei muito ele e bom.


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: