Uma Ode ao Amor

967885_open_handed

Carlos Drummond de Andrade é magnífico. Isso é um fato indiscutível. Trata-se de um ícone imortal de nossa literatura que sabe tratar de qualquer assunto com maestria. E como não poderia deixar de ser, cantou o amor e sua importância na vida humana com singular competência.  

A poesia abaixo não se refere apenas ao amor romântico, mas também ao amor pela vida, pela humanidade, ao amor solidário, ao amor fraterno, enfim, ao amor em geral,  esse sentimento que faz a vida valer a pena.

Confiram:

 

ALÉM DA TERRA, ALÉM DO CÉU

Além da Terra, além do Céu

no trampolim do sem-fim das estrelas,

no rastro dos astros,

na magnólia das nebulosas.

Além, muito além do sistema solar,

até onde alcançam o pensamento e o coração,

vamos!

Vamos conjugar

o verbo fundamental essencial,

o verbo transcendente, acima das gramáticas

e do medo e da moeda e da política,

o verbo sempreamar,

o verbo pluriamar, razão de ser e de viver.”

 

Telma

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: