Archive for novembro 5, 2008

Beijo

1015358_heart_on_the_clouds

Aos apaixonados de plantão segue abaixo trecho do livro “O Jogo da Amarelinha”, do escritor Júlio Cortázar. O trecho descreve o momento do beijo entre os amantes.

Saboreiem:

Toco sua boca, com um dedo toco o contorno de sua boca, vou desenhando essa boca como se estivesse saindo de minha mão, como se pela primeira vez a sua boca se entreabrisse, e basta-me fechar os olhos para desfazer tudo e recomeçar.
Faço nascer, de cada vez, a boca que desejo, a boca que minha mão escolheu e desenha no seu rosto, uma boca eleita entre todas, com soberana liberdade eleita por mim para desenha-la com minha mão em seu rosto e, que por um acaso que não procuro compreender coincide exatamente com a sua boca, que sorri debaixo daquela que minha mão desenha em você.
Você me olha, de perto me olha, cada vez mais de perto, e então brincamos de ciclope, olhamo-nos cada vez mais de perto e nossos olhos se aproximam um dos outros, sobrepõem-se, e os ciclopes se olham, respirando confundidos, as bocas se encontram e lutam debilmente, mordendo-se com os lábios, apoiando ligeiramente a língua nos dentes, brincando nas suas cavernas, onde um ar pesado vai e vem como um perfume antigo e um grande silêncio.
Então, as minhas mãos procuram afogar-se no seu cabelo, cariciar lentamente a profundidade de seu cabelo, enquanto nos beijamos como se tivéssemos a boca cheia de flores ou de peixes, de movimentos vivos, de fragrância obscura. E se nos mordemos, a dor é doce, e se nos afogamos num breve e terrível absorver simultâneo de fôlego, essa instantânea morte é bela.
E já existe uma só saliva e um só sabor de fruta madura, e eu sinto você tremular contra mim, como uma lua na água
.”

272755_10th_anniversary

Júlio Florencio Cortázar era filho de pais argentinos, mas nasceu em Bruxelas, na Bélgica em 1914.

Amante das línguas e do jazz, ganhou a vida fazendo traduções e como trompetista e maestro na Argentina. Mas desde criança tinha o hábito de escrever, tendo escrito o seu primeiro livro aos nove anos de idade.

Viveu na Argentina até 1951, quando, fugindo do “peronismo”, foi para Paris, de onde nunca mais saiu até sua morte em 1984.

Cortázar era partidário da causa socialista e foi duramente perseguido em decorrência de seu engajamento político.

Foi considerado um dos escritores mais originais de seu tempo. Sua obra consiste em narrativas curtas e contos. Seus personagens carregam intensa profundidade psicológica.

O livro “O Jogo da Amarelinha” (Rayuela, no original)  é considerado um clássico da literatura do século 20.

Karina

Anúncios

Leave a comment »