Poesia para criança

Estamos muito felizes em constatar que alguns dos posts mais acessados são os referentes à poesia para crianças. Isso significa que a preocupação no sentido de que nossas crianças se familiarizem com a literatura é constante.

Realmente as poesias infantis são perfeitas para que as crianças se habituem a ler, pois divertem sem ter a densidade de um livro.

Além do extraordinário Vinicius  – já citado em posts anteriores – outros escritores fizeram poesia destinada aos pequenos.

Cecília Meireles, com maestria,  costuma encantar o público infantil (e adulto) com seus poemas. E são dela os textos que postaremos abaixo. Bom divertimento!

O Cavalinho Branco

À tarde, o cavalinho branco
está muito cansado:

mas há um pedacinho do campo
onde é sempre feriado.

O cavalo sacode a crina
loura e comprida

e nas verdes ervas atira
sua branca vida.

Seu relincho estremece as raízes
e ele ensina aos ventos

a alegria de sentir livres
seus movimentos.

Trabalhou todo o dia, tanto!
desde a madrugada!

Descansa entre as flores, cavalinho branco,
de crina dourada!

 –//–

  Menino Azul

O menino quer um burrinho
para passear.
Um burrinho manso,
que não corra nem pule,
mas que saiba conversar.

O menino quer um burrinho
que saiba dizer
o nome dos rios,
das montanhas, das flores,
– de tudo o que aparecer.

O menino quer um burrinho
que saiba inventar histórias bonitas
com pessoas e bichos
e com barquinhos no mar.

E os dois sairão pelo mundo
que é como um jardim
apenas mais largo
e talvez mais comprido
e que não tenha fim.

(Quem souber de um burrinho desses,
pode escrever
para a Ruas das Casas,
Número das Portas,
ao Menino Azul que não sabe ler.)

  BOLHAS

Olha a bolha d’água
no galho!
Olha o orvalho!

Olha a bolha de vinho
na rolha!
Olha a bolha!

Olha a bolha na mão
que trabalha!

Olha a bolha de sabão
na ponta da palha:
brilha, espelha
e se espalha
Olha a bolha!

Olha a bolha
que molha
a mão do menino:

A bolha da chuva da calha !

–//–

Ou Isto ou Aquilo

Ou se tem chuva e não se tem sol
ou se tem sol e não se tem chuva!

Ou se calça a luva e não se põe o anel,
ou se põe o anel e não se calça a luva!

Quem sobe nos ares não fica no chão,
quem fica no chão não sobe nos ares.

É uma grande pena que não se possa
estar ao mesmo tempo em dois lugares!

Ou guardo o dinheiro e não compro o doce,
ou compro o doce e gasto o dinheiro.

Ou isto ou aquilo: ou isto ou aquilo . . .
e vivo escolhendo o dia inteiro!

Não sei se brinco, não sei se estudo,
se saio correndo ou fico tranqüilo.

Mas não consegui entender ainda
qual é melhor: se é isto ou aquilo.

Karina

Anúncios

11 Respostas so far »

  1. 1

    rosangela cintra said,

    quando leio cecilia meireles da vontade de voltar a ser criança,quero ensinar meus netos a gostar de cecilia meireles,como se fosse uma avó contando estoria atraves de suas poesias…

  2. 2

    Telma e Karina said,

    Realmente, Rosangela. Cecília Meireles sabe tudo sobre o universo das crianças e encanta não só os pequenos, mas também os adultos! Beijos!

  3. 3

    Gilsa Elaine said,

    Olá Karina. Achei lindo o seu blog. Gostaria de saber como você sabe que os posts para crianças são os mais acessados. Inicei-me como blogueira recentemente e ainda estou me familiarizando com esse gênero. Estou perguntando isso, também, porque estudo sobre a leitura de poemas na internet e seu blog me pareceu um excelente objeto de estudo.
    Um abraço, agradeço sua contribuição.
    Gilsa.

    • 4

      Telma e Karina said,

      Oi, Gilsa! Em primeiro lugar, obrigada pelo elogio. Procuramos manter o blog sempre atualizado com textos interessantes para pessoas de todas as idades. Seria uma honra para nós se o nosso blog fosse objeto de estudos de sua parte. Sobre a sua pergunta, sei que os posts de literatura infantil são bem acessados, pois o wordpress, que hospeda o blog, fornece estatísticas relativas aos posts mais vistos e também indica os termos mais pesquisados pelos internautas. Assim, com essas informações, procuramos postar de modo a agradar a todos. Pelo que vi, o seu blog, aliás de muito bom conteúdo, está hospedado no blogspot e aí não sei como funciona essa parte de estatísticas. Só posso te dizer que se você postar poesia para crianças terá sucesso, pois a procura é grande mesmo. E nada como tentar fazer com que as crianças se interessem por leitura através de poemas e livros específicos, né? Vou acompanhar o seu blog e espero o seu retorno no nosso. Um beijo. Karina

      • 5

        Gilsa Elaine said,

        Obrigada Karina.
        Confirmar o dado de que os posts para crianças são os mais visitados é de extrema importância para meu trabalho.
        Agradeço sua visita e vamos manter contato. Quanto a parte das estatísticas do meu blog, já estou resolvendo.
        Um grande abraço,
        Gilsa.

  4. 6

    MICAELEN said,

    EU FIZ UM APRESENTAÇAO NA ESCOLA COM A POESIA DELA, A CANÇAO DOS TAMAQUINHOS

  5. 7

    Ana Paula De Bona said,

    Ser Criança
    Ser criança…É viver o presente
    Sem pensar no que virá
    É fantasiar o que sente
    Sem nunca deixar de sonhar
    É viver no mundo da fantasia
    Mesmo ela sabendo que não se realizará
    Mesmo sendo carente,ás vezes sem ter um pão
    Toda criança tem,seu mundo de divesão.
    Quem não tem seu lado criança
    Não pode entede-lá bem
    Pois está frágil semente
    Não fará mal a ninguém
    Mas se voce não der carinho
    Não regá-la com amor
    Com certeza está semente
    Não dará uma bela flor
    Ma,tudo o que fizeres hoje
    Um dia repercutirá
    No futuro desta criança
    Que um dia crescerá

  6. 9

    melissa said,

    que poesia linda interessante

  7. 10

    Julia Machado said,

    Achei este blog por acaso porque acordei com nostalgia dos meus tempos de menina (40 anos atrás). Me lembrei da ilustração e da poesia “O menino azul”, que tanto me encantava naquela época. Então, além de voltar a descobrir a nossa rainha Cecília Meireles, me sorprendi gratamente com os encantos deste espaço virtual.

    • 11

      Literatura em Conta-Gotas said,

      Gratas pela visita! Ficamos felizes em saber que reviveu momentos de sua infância. Volte sempre! Um abraço. Karina e Telma


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: