Fernando Pessoa ele – mesmo encanta todos nós

 Fernando Antonio Nogueira Pessoa nasceu em Lisboa, em 13 de junho de 1888.

É importante destacar que não ousaremos analisar Fernando Pessoa. Reservamos tal análise para os grandes estudiosos do assunto.

Mas gostamos do que é bom; intuimos o brilhantismo, e não é preciso ser nenhum expert para ler as conhecidíssimas poesias abaixo e curvar-se diante de seu ineditismo, de sua originalidade, de sua inteligência.

Dos escritos de Fernando Pessoa, esse gênio imortal, sempre criando e se reinventando através de seus heterônimos, nos chamam a atenção esses dois poemas. Neles, Fernando Pessoa não se utiliza de nenhum de seus heterônimos. Trata-se de poesias assinadas por Fernando Pessoa “ele -mesmo”, as quais, de forma reflexiva, nos mostram o papel da própria arte poética e do artista em si. Pra ler ajoelhado:

Autopsicografia

O poeta é um fingidor.

Finge tão completamente

Que chega a fingir que é dor

A dor que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,

Na dor lida sentem bem,

Não as duas que ele teve,

Mas só a que eles não têm.

E assim nas calhas de roda

Gira, a entreter a razão,

Esse comboio de corda

Que se chama coração.

Isto

Dizem que eu finjo ou minto

Tudo o que escrevo. Não.

Eu simplesmente sinto

Com a imaginação.

Não uso o coração.

Tudo o que sonho ou passo,

O que me falha ou finda,

É como que um terraço

Sobre outra coisa ainda.

Essa coisa é que é linda.

Por isso escrevo em meio

Do que não está ao pé,

Livre do meu enleio,

Sério do que não é.

Sentir? Sinta quem lê!

Telma

 
                                   

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: