Obra-prima de José Lins do Rego

Esse post se presta unicamente para indicar um livro incrível, do qual gostei muito e acho humanamente impossível que alguém o leia e não se apaixone.

Trata-se de “Fogo Morto”, de José Lins do Rego, publicado em 1943.

Como é de conhecimento geral, o paraibano José Lins do Rego fez parte do movimento regionalista do modernismo brasileiro.

Nesse livro, de caráter neo-realista, ele conta a história da decadência dos senhores de engenho por meio de três personagens riquíssimos, em três capítulos separados: Mestre José Amaro, um homem trabalhador, mas rancoroso e conservador, além de ser perseguido por populares que acreditam que ele é lobisomem; Coronel Lula, dono de engenho, cruel e invejoso; e Capitão Vitorino, um idealista que procura defender o engenho com unhas e dentes, demonstrando um incrível senso de justiça. 

A ação se desenvolve quase integralmente nas terras do engenho Santa-Fé e os três personagens principais se inter-relacionam na narrativa, interligando também o mundo da casa grande e o mundo da senzala, com as consequências sociais que decorrem desse relacionamento difícil.

O romance é maravilhoso. É um daqueles livros em que se vira a noite lendo, devorando com avidez cada capítulo. Isso porque,  José Lins do Rego logrou o êxito de analisar os mais complicados conflitos humanos através dos personagens centrais, porém sem ser pedante. 

A obra é profunda e ao mesmo tempo de uma simplicidade sem igual. Explora com ímpar inteligência os sentimentos da inveja, do desajuste, da revolta e da mágoa. Além disso, consegue mostrar o ciclo de mudanças sociais por que passou o nordeste brasileiro, por meio de uma lingaugem coloquial e fascinante, trazendo inclusive passagens muito engraçadas.

Tudo o que for dito aqui não será suficiente para descrever a magnitude dessa obra. É preciso lê-la, relê-la, trelê-la. É um livro imperdível, de leitura obrigatória.

Quem não leu Fogo Morto, não viveu.

Telma

Anúncios

1 Response so far »

  1. 1

    Esse livro é mtoooo bom! Dei muitas risadas com ele. Ler é viajar nas palavras…
    bjs


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: