Curtas de Quintana

Para começar a aquecer este blog, postaremos algumas maravilhas escritas por Mário Quintana, poeta, tradutor e jornalista brasileiro, falecido em 1994. Para inspirar qualquer um:

” As pessoas sem imaginação podem ter tido as mais imprevistas aventuras, podem ter visitado as terras mais estranhas. Nada lhes ficou. Nada lhes sobrou. Uma vida não basta apenas ser vivida: deve ser sonhada.”

” A eternidade é um relógio sem ponteiros.”

” O destino é apenas o acaso com mania de grandeza.”

“A mentira é uma verdade que esqueceu de acontecer.”

 

Telma

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: